Seguidores

sexta-feira, 10 de junho de 2011

A ESTRADA DE FERRO

A construção da "União e Indústria", inspiração de Mariano Procópio entre 1856 e 1862 muito favoreceu a região.
Na década de 1870 surgiu a estrada de ferro D. Pedro II que de Três Rios seguia em duas linhas, uma para Porto Novo e a outra para Juiz de Fora, surgindo assim  outras estações. As grandes partidas de café eram embarcadas em Serraria.
Os fazendeiros da região se uniram para a construção da estrada de ferro que partindo de Serraria penetrasse pelo interior da Zona da Mata.Assim foi construída a "União Mineira"sob a presidência de Pedro Alcântara de Cerqueira Leite do engenheiro Pedro Betim Paes Leme.
A construção do primeiro trecho da ferrovia "União Mineira"entre Serraria e o povoado do Espírito Santo de Mar de Espanha (Guarará) daria origem às cidades de Tabuas (Bicas) e S. Pedro do Pequeri,tendo portanto, as duas surgido na mesma época.
"A Companhia de Estrada de Ferro União Mineira não resistiu por muito tempo.Embora ajudada pelo governo de Minas, tornou-se deficitária.Praticamente falida, foi adquirida pela Leopoldina Railway Company Limited em 1884, com o aval do governo brasileiro." (Vanni- Sertões do Rio Cágado).
A Estação de São Pedro teve como local escolhido o ponto mais próximo entre Mar de Espanha e Sarandira, justamente onde a ferrovia cortava o caminho que ligava essas duas localidades.
No livro" Resumo Histórico da Leopoldina Railway/Company Limited", de Edmundo Siqueira, a estação de São Pedro do Pequeri foi inaugurada no dia 07 de julho de 1879 e a de Bicas a 09 de setembro do mesmo ano.
"Em 1910, a Leopoldina Railway construiu o ramal de Mar de Espanha.
Por mais de 60 anos, A Leopoldina manteve suas linhas e trens de passageiros em ótimas condições de tráfego.Encampada pelo governo federal após a Segunda Guerra Mundial,a ferrovia entrou em decadência e acabou sendo extinta por falta de uma séria política  voltada para o transporte ferroviário, considerado o mais barato do mundo

Fontes: Jornal Tribuna de Minas- 1990 
Livro: Sertões do Rio Cágado - Julio Cezar Vanni

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...