Seguidores

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Um pouco sobre Dorival Caymmi

Em 2014 serão celebrados os 100 anos de nascimento de Dorival, morto em 2008. Dentre os lançamentos, um disco em família (gravado por Nana, mãe de Stella, Danilo e Dori), que também será lançado em DVD, trará uma canção inédita. Cantiga de Cego foi feita em parceria com o poeta Jorge Amado para ser trilha da adaptação teatral de seu livro Terras do Sem Fim.
 Fonte :
 Julio Maria - O Estado de S.PauloO cantor e compositor baiano Dorival Caymmi em 1997 - Tasso Marcelo/AE



 Recordações : Caymmi e sua neta Stella trabalham na varanda de sua casa de Pequeri, na serra da Mantiqueira, em Minas Gerais.- o compositor identifica fotos e personagens para sua biografia.
 Bem humorado, Dorival Caymmi usa o dom da palavra para pedir ao povo de Pequeri que o município retome o seu nome original, São Pedro do Pequeri- foi nesta cidade que nasceu Stella, sua mulher.
A cidadezinha, uma das mais culturais da região, promovia anualmente o Festival de Música de Pequeri- o FEMPEQ , sempre com boas atrações da MPB.Stella foi convidada a visitar a cidade por uma carta do historiador Julio Cézar Vanni, e Caymmi foi chamado para ser homenageado durante o Festival. O padrinho de stella, Tio Lulu, e Nemésia, sua mulher, hospedaram o casal em sua casa.
Encantaram-se por Pequeri, uma cidadezinha rodeada de montanhas, passarinhos e muita tranquilidade.Cansados da insegurança da cidade grande, sobretudo para os mais velhos, decidiram constrir uma casa na cidadezinha para passarem longas temporadas.Enquanto construiam ,ficaram hospedados no Hotel Montese, da Dona Lurdinha, ao lado da casa dos primos de Stella, Desirèe,
Jair, Denise e Munira.
 O postal que Dorival Caymmi usava para mandar bilhetes a amigos e familiares.
 Dorival Caymmi, Caetano Veloso e Gilberto Gil no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, a alegria de um encontro marcado por lembranças da Bahia.

 Clã musical : Dori, Stella, Danilo, Nana e Dorival - a família Caymmi reunida em casa, um momento raro.

Caymmi também gostava de pintar.Fotos de alguns quadros:
                                           Festa de Largo, 1974
                                         Baiana e casario, 1970
                                          Festa de São João, 1970
                                          Jangadeiro, 1970
                                          Auto-retrato, 1974

Algumas músicas : O que é que a baiana tem? ( grande sucesso na voz de Carmem Miranda)
 Marina,  Maracangalha, Saudade da Bahia, Saudade de Itapoã, Você já foi a Bahia? Vatapá, Só Louco,
Vento, Acalanto, Samba da minha terra, e muitas outras...
 Fonte : Livro  - Dorival Caymmi O mar e o tempo de Stella Caymmi, neta do compositor.
Com meu agradecimento ao amigo  e ex-Prefeito Hederson Raul Salles de Almeida, pelo empréstimo do livro, sem o qual, não me seria possível fazer esta postagem em homenagem ao grande compositor Dorival
Caymmi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...